Peregrinação a Santa Luzia debaixo de chuva. Chegada da Virgem peregrina de Fátima abençoada

A peregrinação Diocesana ao Sagrado Coração de Jesus move milhares de pessoas que continuam a cumprir a promessa do arciprestado de Viana do Castelo por altura da epidemia pneumónica. Este ano, a 14 de Junho, a chuva foi uma contrariedade que, apesar disso, não se tornou impedimento para as Paróquias subirem a Santa Luzia e se realizar a Eucaristia no Jardim das Tílias. À noite a Viana do Castelo, vinda de Esposende, chegou a Virgem Peregrina de Fátima, já sem mostra de chuva. Precisamente no dia seguinte, a 15, a Imagem passou pela Paróquia de Cardielos em direcção ao arciprestado de Ponte de Lima.

Na peregrinação a Santa Luzia, Cardielos e Montaria seguiram juntas com o Padre Vítor a orientá-las. O mesmo meditou o rosário enquanto se escalava pelo monte acima. Para este momento os responsáveis das bandeiras e da cruz paroquial tiveram de antemão de as ir buscar à Igreja Paroquial. O que é certo é que o tempo não permitiu que fossem usadas nesta peregrinação para evitar que se estragassem, à excepção da cruz paroquial. Os movimentos tomam também parte neste acto de fé.

Chegados ao alto do Monte, com passo apressado por causa da chuva, o senhor Bispo, D. Anacleto, presidiu à Eucaristia no recente anfiteatro do Jardim das Tílias. Nessa celebração, o Prelado lembrou os acontecimentos marcantes que vive a Diocese. Quanto à chuva “o dia é de graça”, porque “quem não quer ser incomodado, não vai longe”. A chuva não é apenas uma contrariedade é também uma bênção que rega as terras e as torna mais férteis e combate, naturalmente, o flagelo dos incêndios florestais.

Falando concretamente da liturgia deste dia, o Bispo frisou que “a mensagem do Reino incomoda”. Com um claro apelo à “conversão do comodismo para a acção, do pecado para a graça”. Com a visita da imagem peregrina surge como pano de fundo a mensagem de Fátima.

Nossa Senhora de Fátima visita Portugal de lés-a-lés

Sem réstia de chuva, milhares de pessoas receberam a imagem da Senhora, que se apresenta resplandecente e feita segundo indicações da Irmã Lúcia. A primeira imagem da Virgem Peregrina de Fátima foi oferecida pelo Sr. Bispo de Leiria e coroada solenemente pelo Sr. Arcebispo de Évora, a 13 de Maio de 1947. A partir dessa data, a imagem percorreu, por diversas vezes, o mundo inteiro, levando consigo uma mensagem de paz e amor.

É precisamente esta imagem que, de Maio de 2015 a Maio de 2016, passará por todas as dioceses de Portugal, numa grande peregrinação festiva, que pretende assinalar o Centenário das Aparições de Fátima. “Entendemos que esta celebração do Centenário é um “tempo favorável”, que o Senhor nos concede viver, para revitalizar a nossa vivência de fé, uma vez que não pretende assinalar simplesmente uma efeméride histórica, mas tornar-se veículo de evangelização e caminho para a conversão e para o encontro com Cristo, por meio de Maria”. Mais ainda, “com esta iniciativa, pretendemos envolver todas as dioceses portuguesas na celebração do Centenário das Aparições, mas também ajudar as comunidades eclesiais a viver a mensagem e a espiritualidade de Fátima”. Por fim, “desejaríamos que esta grande peregrinação da imagem de Nossa Senhora fosse uma forte experiência de fé, através das celebrações, momentos de oração e expressões de piedade popular; desejaríamos que fossem atingidas todas as faixas etárias e que todos tivessem oportunidade de aprofundar o conhecimento e vivência da mensagem de Fátima”, frisou o Pe. Carlos Cabecinha.

Quanto à origem destas visitas, remontam a 1945, pouco depois do final da 2ª Guerra Mundial, quando um Pároco de Berlim propôs que uma imagem de Nossa Senhora de Fátima percorresse todas as capitais e as cidades episcopais da Europa até à fronteira da Rússia. Depois de mais de meio século de peregrinação, em que a imagem visitou 64 países dos vários continentes, alguns deles por diversas vezes, a Reitoria do Santuário de Fátima entendeu que ela não deveria sair mais habitualmente, mas só por alguma circunstância extraordinária. Em Maio de 2000 foi colocada na exposição «Fátima Luz e Paz», onde foi venerada por dezenas de milhares de visitantes. Passados três anos, a imagem foi entronizada na Basílica do mesmo Santuário de Fátima, tendo sido colocada numa coluna junto do Altar-Mor. A fim de dar resposta aos imensos pedidos, foram, entretanto, feitas várias réplicas da primeira imagem Peregrina, num total de treze.

Para assinalar esta passagem, a Diocese de Viana foi vivendo momentos intensos, com uma programação especial. A passagem da Virgem Peregrina pelas comunidades paroquiais; a procissão de velas pelas ruas da cidade, embelezadas tal qual nas festas de Nossa Senhora da Agonia; momentos de adoração; a recriação da procissão ao mar; entre outros; foram alguns momentos marcantes e que ficaram na memória das pessoas tal qual em 1962, quando a Virgem fez a sua última peregrinação pelas Dioceses.

Nessa altura, contam os mais velhos, que até a Ponte Eiffel tremeu com a passagem da Senhora. Milagre? Excesso de pessoas na ponte? Permanece a dúvida. Com essa peregrinação em 1962, organizou-se a procissão ao mar contou com a presença da imagem de Fátima, pelo pároco de então, Monsenhor Daniel Machado, momento que gerou o surgimento da tradição da procissão ao mar em honra de Nossa Senhora da Agonia, padroeira dos homens do mar. Este ano, no barco que seguiu a imagem de Fátima foi ainda a imagem do beato Frei Bartolomeu dos Mártires, por estarem a decorrer as comemorações dos 500 anos do seu nascimento.

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima está a efetuar uma peregrinação de 12 meses às dioceses portuguesas, no âmbito dos preparativos para as comemorações do centenário das aparições. Depois de ter deixado o Santuário de Fátima, vai efetuar o seguinte percurso por Portugal: Viseu, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança-Miranda, Lamego, Coimbra, Guarda, Portalegre-Castelo Branco, Setúbal, Évora, Beja, Algarve, Santarém, Lisboa, Madeira, Aveiro, Açores, Porto, Leiria-Fátima. Viana do Castelo torna-se, assim, a terceira diocese a receber a imagem peregrina de Nossa Senhora.

Em Cardielos, grande número de pessoas reuniu-se no altar monumento da Senhora de Fátima, na estrada nacional. O Padre Vítor, com a catequese, orientou o rosário enquanto se aguardava a passagem de Nossa Senhor. Entretanto foram entoados cânticos de louvor a Maria, isto porque a Imagem acabou por passar com um atraso de cerca de 1h, na Paróquia. Ainda assim isso não foi suficiente para afastar as pessoas que, olhos nos olhos com Maria, agradeceram e pediram naqueles breves instantes que a Virgem parou em Cardielos. As lágrimas caíram e o adeus chegou rapidamente. Olhos nos olhos as duas imagens como que se tornaram uma só naquela que e uma devoção que move montanhas.

Acerca da passagem da imagem da Virgem Peregrina “o Bispo de Viana do Castelo agradeceu o testemunho maravilhoso que Maria irradia pela sua vida e sua missão. Um testemunho que encontrou um eco fantástico em três crianças e que teve um alcance mundial e eclesial de grande transcendência. Um testemunho que deve encontrar em nós um eco e interpelação, traduzido em conversão, sacrifício e oração, isto é: construir segundo Deus. Não tenhamos medo de acolher a vida. O amor a Maria implica a nossa vida toda. Com Ela e como Ela queremos viver a proposta de Deus. Uma vida em seguimento de Cristo que se traduz numa nova maneira de ser, estar e fazer”.

Quer uma peregrinação, do Coração de Jesus, quer outra, da visita da imagem peregrina, foram convites claros à conversão. Estes desafios abalam a monotonia do quotidiano, despertam e enriquecem as comunidades cristãs.

Na verdade foram 15 dias de festa com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima. Num momento emocionante, a 28 de Junho, o Bispo Diocesano implorou, de joelhos, a bênção para todos; consagrou a Diocese ao amor materno; apelou ao amor à Virgem Senhora e Mãe, que nos conduz à Fé e à partilha na construção da Igreja do Senhor. Assim a Virgem partiu de Viana tal qual como chegou, acompanhada por uma grande multidão.

 IMG_4692 IMG_4691 IMG_4669 IMG_4650 IMG_4647 IMG_4641 IMG_4624 IMG_4617 IMG_4281 IMG_4269 IMG_4259 IMG_4238 IMG_4231 IMG_4382 IMG_4328 IMG_4299 IMG_4298

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *